Colégio Santíssimo Sacramento –  Tubarão-SC

O COLÉGIO

O Santíssimo Sacramento mantém os cursos de Educação Infantil e Ensino Fundamental. Tendo como filosofia educacional, incentivar e respeitar o educando como ser livre nas suas opções básicas, crítico, responsável, investigador, criativo e consciente de seus deveres humanos e sociais.

O Colégio, na Dinâmica da Vida, busca o equilíbrio entre a Fé e a Ciência; Fé e Tecnologia; Fé e Cultura. O mundo educativo desta forma, será mais humanizado, mesmo em meio a toda esta tecnologia, porque nossos Educadores olham o ser humano ao seu redor com um coração que pensa, que sente, que fala e que vê!

O Santíssimo Sacramento perfaz o seu caminho na Dinâmica da Vida, porque tem como força propulsora a proteção da Fundadora Maria Emília Riquelme. Hoje dirigido pelas Irmãs Missionárias: Ir. Jociana Silva de Sousa, Ir. Therezinha Pereira, Ir. Maria do Socorro Cardozo e Ir. Santina Carlos Schlickmann.

Amizade

Fraternidade

Qualidade

Educação

Experiência

Valores

História

O Colégio Santíssimo Sacramento, fundado em 3 de março de 1969 é mantido pela Associação Educativa e Cultural Maria Emília, é parte de um Projeto Educativo iniciado por Maria Emília Riquelme y Zayas, na Espanha, final do século XIX.

Trata-se de uma Instituição Cristã e confessionalmente Católica, ou seja, confessa sua fé na religião católica e encontra sua razão de ser e de atuar nos princípios do cristianismo. Parte da fé em uma pessoa: Jesus Cristo, que propõe o caminho do amor e do diálogo entre as pessoas e a construção do que Ele chamou de Reino de Deus, e que se assenta na paz, no encontro e no respeito profundo ao diferente e às diferentes culturas.

Estrutura

Os espaços físicos da escola estão assim distribuídos:

– Salas de aula refrigeradas;
– Biblioteca;
– Laboratório de informática com quadro interativo;
– Laboratório de Ciências;
– Sala de Professores;
– Secretaria;
– Sala de Dança;
– Sala de Artes;
– Salão de eventos;
– Cozinha;
– Refeitório;
– Pátio Coberto;
– Ginásio de esportes;
– Parque Infantil;
– Capela;
– Cantina.

Proposta Pedagógica

Filosofia

A associação das Missionárias do Santíssimo Sacramento e Maria Imaculada, desde os primórdios, dedicou-se à educação, acreditando nela como instrumento evangelizador da sociedade: possibilitando uma maior preparação humana, Cristã e libertadora.

A Logomarca ou escudo é a mesma adotada nos colégios situados em outros países: as cores azul e branco recordam a pessoa de Maria, Mãe de Jesus e presença imprescindível na espiritualidade das Missionárias; o vermelho e o amarelo são associados à chama do saber. Na cor branca é ressaltado um P terminado com um X, símbolo que identificava os cristãos já no I século d.c. Todos esses símbolos estão presentes também na Bandeira.

A diversidade do mundo atual provoca uma necessidade de repensar a educação e conduz a uma prática pedagógica que contribua à formação de homens e mulheres mais conscientes do seu papel transformador na sociedade. O projeto pedagógico do Colégio Santíssimo Sacramento se orienta no mesmo lugar-referência de onde Maria Emília Riquelme bebeu sua inspiração e sua certeza: o evangelho de Jesus Cristo, fazendo uma leitura atualizada e adaptada à educação.

Através dele é possível encontrar os sinais de vida revelados por intermédio de suas narrativas e que são ao mesmo tempo os princípios e valores pelos quais e para os quais o Colégio orienta sua educação: o amor, a caridade, a alegria, o respeito, a humildade, o acolhimento e a liberdade. Os “sete” Sinais-princípios-valores capazes de transformar a pessoa humana, a sociedade em que vive e o planeta que a hospeda. Baseado nestes princípios o Colégio Santíssimo Sacramento deseja:

Fundadora

A) Desenvolver o ser humano nas dimensões: cognitiva, afetiva, transcendental e social, capaz de pensar criticamente, interagir com o mundo tecnológico e atuar coletivamente;

B) Atender plenamente ao propósito de formar a pessoa em sua inteireza consciente do seu papel de contribuir com uma sociedade democrática, justa, solidária com condições iguais para todos;

C) Fazer nascer da ação educativa o pensar sobre ela e sobre o contexto em que se dá capacitando o estudante a descobrir a função social do ato de aprender e contribuir com seu agir transformador;

D) Oportunizar ao aluno a aprender a conhecer e a pensar, aprender a fazer,  aprender a viver com os outros, aprender a ser e a aprender a transcender o plano material das coisas;

E) Criar condições para que, todos os envolvidos no processo educativo, firmem-se nos valores éticos, conscientizem e lutem a favor da vida e desenvolvam uma consciência planetária que cuide e proteja a grande casa que nos hospeda: mãe terra.

MARIA EMILIA RIQUELME Y ZAYAS, nascida em Granada, no dia 5 de agosto de 1847, viveu durante a segunda metade do século XIX e em quase toda primeira metade do século XX. Seus pais D. Joaquim Riquelme y Gómez e D. Maria Emília Zayas de La Vega, profundamente religiosos, constituem um lar cristão para sua filha. Maria Emília tinha apenas sete anos quando sua mãe morreu. Ela recorreu à Santíssima Virgem, e a partir daí, o seu amor por Maria foi crescendo de tal modo, que fez uma experiência maravilhosa da Santíssima Virgem.

maria-emilia_2

Somos hoje uma grande Família!